IMG_20150718_101523161

Já comentei outro dia que nas férias de julho eu e o mozi demos uma escapada e passamos um fim de semana em Bento Gonçalves, que fica na serra gaúcha. De carro levamos umas 4h pra chegar e a viagem é bem tranquila.

Saímos de manhã cedo pra passar em Caxias e depois ir à Bento, chegamos lá no fim da tarde. Ficamos hospedados no hotel Laghetto Viverone, um  hotel lindo e maravilhoso, com um café da manhã delicioso e funcionários bem atenciosos e prestativos.

Noite 1 – Hotel Spa do Vinho, Noivos

spavinhopedido

Na noite de sexta o jantar foi no Restaurante do Hotel Spa do Vinho, que fica em meio ao vale dos vinhedos. Como era pra fazer o pedido,o mozi escolheu o restaurante com mais estrelinhas e boas avaliações que encontrou nas pesquisas dele. Ele planejou o fim de semana inteiro sem eu saber, pra falar a verdade.

O restaurante é muito bom, o chef adaptou os pratos pra que o mozi pudesse comer (ele tem intolerância ao glúten)e o nosso garçom foi muito muito simpático e prestativo. Em resumo comemos: de entrada polenta mole com molho de cogumelos, prato principal risoto de aspargos com filé e um molho bem gostoso que não lembro o nome, e de sobremesa créme brulée. O vinho foi um vinho branco suave da Miolo que eu também não sei o nome. Só de escrever aqui já me deu fome, quero tudo de novo, haha.

Dia 1 | Noite 2 – Vale dos Vinhedos, Bêbados, Muito Calor

valdugavalduga2

No sábado acordamos cedinho pra conhecer o Vale dos Vinhedos, contratamos uma agência pra fazer o tour pela região e as 8h chegou um motorista que nos levou de carro durante o dia todo pelas vinícolas e atrações do vale.

Primeira parada foi na Casa Valduga, um dos maiores produtores do Brasil. Fizemos um tour pelas instalações e também degustação de vinhos por R$40, no fim ganhamos a taça que era usada pra provar os vinhos e espumantes. Já saí meio bêbada de lá, além de ter amado um dos espumantes da degustação. Depois fomos à Dom Cândido, uma vinícola bem do ladinho da Casa Valduga. Lá não tem visitação, apenas a degustação. Na Dom Cândido achei um vinho branco licoroso muito bom, e super duper doce também, além do suco de uva delicioso.

Nossa próxima parada foi na Casa Madeira, uma loja de geleias, sucos e outras comidinhas. Provamos várias geleias gostosas e levamos muitas embora, Depois da comilança já eram quase 12h, e hora do almoço. O motorista nos levou de volta ao hotel, onde eu pude finalmente trocar de casaco, porque estava fritando dentro do que eu tinha escolhido pra sair de manhã.

trocelloqueijaria

Na parte da tarde visitamos mais vinícolas e bebemos mais vinho, haha. Fomos à Miolo, Torcello (Menor vinícola do Vale dos Vinhedos, considerada uma boutique de vinhos) e Michele Carraro (essa que tá ali na foto, que é um barril enorme com janelinhas), a degustação mais completa que fizemos foi na miolo e na Torcello. Também passamos  na queijaria pra mais comilança. Na parte da noite jantamos no shopping em Bento, já que o restaurante que queríamos não estava aberto.

Dia 3 – Caminhos de Pedra, Voltando pra casa

ovelha

No terceiro dia, domingo, pegamos o carro e partiu caminhos de pedra. É um passeio que pode ser feito com agencias também, ma fomos por conta própria. Os Caminhos de pedra são, basicamente, uma estradinha onde você encontra várias construções antigas feitas de pedra. Tem restaurante, casa de queijos, casa de salames, artesanato, casa do tomate, etc. Paramos na propriedade onde foi gravado “O Qu4trilho” pra conhecer, e também em uma salumeria, na casa do tomate e na casa da ovelha. Pra quem tem criança é legal separar um dia todo pra ficar na Casa da Ovelha: Tem tosa, amamentação  dos filhotes, degustação de produtos, parque e muitas outras coisas legais.

Me encontre nas redes sociais  ⤵⤵

FACEBOOK | TWITTERINSTAGRAM